Alguma dúvida?

Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Para mais informações, acesse o nosso Aviso Externo de Privacidade.

Alguma dúvida?

Confira as perguntas mais frequentes.

Sempre após as refeições.


É recomendada duas cápsulas de OMMAX por dia após as refeições, ou conforme orientação médica.


Por ser uma cápsula mastigável, recomendamos para crianças acima de 4 anos, quando elas já conseguem fazer a mastigação.


Certamente os de origem marinha, entre eles, a sardinha e o salmão, geralmente apresentam quantidades maiores de EPA e DHA que os peixes oriundos de águas continentais.


Depende, para não precisar suplementar, a criança deve comer em média 200g de peixe rico em Ômega 3 (salmão, sardinha, arenque, atum, cavalinha) por semana. No entanto, deve-se prestar atenção, pois os peixes de cativeiro são alimentados de ração e podem apresentar risco de contaminação por metais pesados.


Sim.


A partir dos 6 meses, quando se introduz a alimentação, a criança já pode ingerir peixes como, por exemplo, sardinha nas papinhas.


O cérebro fica em formação até os 18 anos, por isso é importante suplementar durante toda infância.


O uso do Ômega 3 pode causar desconforto gástrico, por isso, sugerimos o uso após as refeições com o objetivo de minimizar este risco.


Ômega 3 é recomendado por Instituições de Saúde Internacionais (FAO - Food and Agriculture Organization of the United Nations / World Association of Perinatal Medicine) durante o período de gestação. Pessoas que apresentem doenças ou alterações fisiológicas, mulheres grávidas ou amamentando (nutrizes) deverão consultar o médico antes de usar o produto.


Cada cápsula de OMMAX contém 100mg EPA e 60mg de DHA, totalizando 160mg de Ômega 3.


Sim.


Contém derivados de peixe e soja.


Não, OMMAX não tem corante.


Não, OMMAX não tem açúcar.


Não, OMMAX não tem lactose.


Não, OMMAX não tem glúten.


A cápsula de OMMAX é composta por amido de batata, umectante glicerol e cera de carnaúba. O Ômega 3 está no óleo de dentro da cápsula.


OMMAX não engorda.


OMMAX contém óleo de peixe e antioxidante tocoferol (vitamina E)


As cápsulas são mastigáveis, mas também podem ser deglutidas inteiras ou furadas, colocando-se o conteúdo em uma colher. Por ser oleoso, o produto não se dissolve na água ou suco, não sendo recomendada essa forma de administração. A cápsula não apresenta valor nutricional significante.


Não. Todo o Ômega 3 está no óleo no interior da cápsula. Caso a criança queira desprezar a cápsula, não há nenhum problema.


Não, elas podem ser administradas separadamente. Lembre-se que elas devem ser ingeridas logo após as refeições.


Ommax Ômega 3

O ômega 3
com o máximo
de sabor

Referências consultadas

Agostoni C, et al. Supplementation of N-3 LCPUFA to the diet of children older than 2 years: a commentary by the ESPGHAN Committee on Nutrition. J Pediatr Gastroenterol Nutr. 2011;53(1):2-10; Barbalho SM, et al. Papel dos ácidos graxos ômega 3 na resolução dos processos inflamatórios. Medicina (Ribeirão Preto) 2011;44(3):234-40; Carver JD, et al. The relationship between age and the fatty acid composition of cerebral cortex and erythrocytes in human subjects. Brain Res Bull. 2001;56(2):79-85; FAO. Fats and fatty acids in human nutrition: report of an expert consulation. FAO FOOD and Nutrition Paper. 2010. Disponível em: fao.org. Acesso em: dezembro, 2018; Koletzko B, et al. The roles of long-chain polyunsaturated fatty acids in pregnancy, lactation and infancy: review of current knowledge and consensus recommendations. J Perinat Med. 2008;36(1):5-14; Lavialle M, et al. Involvement of omega-3 fatty acids in emotional responses and hyperactive symptoms. J Nutr Biochem. 2010;21(10):899-905; Rotulagem do produto Ommax. Data on file - Mantecorp Farmasa. Advertência: Pessoas que apresentem doenças ou alterações fisiológicas, mulheres grávidas ou amamentando (nutrizes) deverão consultar o médico antes de usar o produto.